Gian & Giovani anima a segunda noite da Festa do Peao de Matão

Gian & Giovani anima a segunda noite da Festa do Peao de Matão

19 de setembro de 2019 Off Por brenosilverio

Vale ressaltar que renda arrecadada, será revertida à compra de insulina para a rede pública de saúde, de Matão.

Dupla sertaneja brasileira formada pelos irmãos Aparecido dos Reis Morais, o Gian (Claraval, 20 de janeirode 1967) e Marcelo dos Reis Morais, o Giovani (Franca, 24 de agosto de 1970). A dupla lançou 18 álbuns, 2 DVDs e 3 VHS.

Tudo começou em Franca, no interior de São Paulo, quando os irmãos Aparecido, Arnaldo e Marcelo, ainda pequenos já tinham como brinquedo preferido um violão, por sinal tocavam escondido do pai. Sr. Francisco escondia o violão em cima do armário já que o instrumento era uma preciosidade.

A brincadeira foi ficando séria, e logo Sr. Francisco percebeu o talento dos filhos. Já nessa época Aparecido (Gian) revelou-se autodidata (conseguindo tocar várias músicas só de ouvir uma única vez). Foi quando, por volta de 1978, que seu Francisco resolveu incentivá-los a formar o primeiro trio infantil da região: o trio Sereno, Sereninho e Gaúchinho. E em pouco tempo já estavam fazendo apresentações ao vivo em bares e restaurantes.

Com o passar do tempo, por volta de 1983 Arnaldo por problemas na voz, acabou deixando o trio, e com essa mudança foi preciso criar um novo nome para os cantores que agora formariam uma dupla, foi quando o padrinho dos meninos sugeriu Gian e Giovani, aceito na hora pelos afilhados.

Ao assistir uma apresentação da dupla um comerciante decidiu ajudar os cantores, e assim, com muita expectativa e esperança, o próximo passo seria gravar um disco.

Embarcaram para a capital paulista, e foram apresentados ao produtor musical Pinócchio, que aconselhou Giovani a cantar mais grave, criando um estilo próprio, pois seria um diferencial na época em que a maioria das duplas de sucesso do momento tinham tom de voz agudo. “Vi o Giovani aquele baixinho cantando agudo, o fiz cantar grave para diferenciar dos demais, foi um contraste no mercado e o pessoal criticava muito, mas estouraram”, disse o produtor.

A dupla Gian e Giovani alcançou definitivamente a consagração nacional, em 1990, no segundo LP, com a música “Nem Dormindo Consigo Te Esquecer” a composição de César Augusto ultrapassou fronteiras garantindo a presença da dupla nas paradas de sucesso de todo o Brasil, recebendo diversas premiações e ganhando até uma versão em espanhol que obteve bastante êxito em vários países da América latina. Foi tamanho o sucesso que os irmãos venderam quase meio milhão de cópias, deste segundo álbum recebendo o disco de ouro. A partir daí a dupla começou a receber diversos convites para participação em programas de rádio e televisão da época.

A voz da dupla foi a escolhida para o tema de abertura da novela “Marcas da paixão”, a canção levava o mesmo título da trama, esta que foi exibida pela Rede Record entre maio e novembro de 2000, nesta época a popularidade de Gian e Giovani era tão grande que no ano seguinte os irmãos fizeram o grande show de abertura da 46ª edição da Festa do Peão de Boiadeiros de Barretos, evento este considerado como o maior rodeio da América Latina.

Com mais de 30 anos de carreira, 18 álbuns lançados, 2 DVDs, mais de 10 milhões de discos vendidos e turnês internacionais, foram inúmeros sucessos na lista de músicas que permaneceram no ranking das mais tocadas por semanas, onde vieram os discos de ouro, platina, platina duplo e diamantes. É possível dizer que Aparecido e Marcelo, ou melhor, que Gian & Giovani são um grande exemplo de verdadeiros vencedores, que no final dos anos 90 figuraram como uma das cinco maiores duplas sertanejas do país.

Quer conferir de perto um pouco mais da dupla então aproveite a apresentação da dupla hoje na festa do Peão de Matão ao vivo a partir das 19hs.